sexta-feira, 22 de julho de 2011

Meu amor é assim


Meu amor não tem tamanho
Mas tem raça, cor e endereço
Tem nome....
E não adianta minha auto-crítica
Querer riscar esse nome do meu coração

Porque meu amor me faz bem
Eu é que muitas vezes não faço bem a mim mesma
Crítica e rabugenta
Sempre querendo achar
que a felicidade não está ao meu alcance
Quando na verdade está
E a felicidade é mais simples do que imaginamos

Meu amor é forte
Arrebatador e resiste ao tempo
Resiste a tempestades, pois por mais que chova
Esse sentimento nunca apaga dentro de mim

Meu amor por ser imperfeito
Torna-se perfeito e completo pra mim
Cheio de paixão, loucuras e ternura
Ego, ciúmes e atitudes insanas
Um amor de um verdadeiro ser humano
Sem certezas, mas cheio de verdade e prazer
(no sentido mais completo que a palavra possa significar)

2 comentários:

  1. Ai ...Quero voltar a amar amor anssim...bj!!!

    ResponderExcluir
  2. É bom demais amiga, mas dói também! Como tudo na vida...

    ResponderExcluir